«

»

Imprimir Post

A ordem é economizar {Dicas para reduzir os gastos com o casamento}

Chique é oferecer aos seus convidados uma festa linda que caiba no seu bolso. Realizar o casamento dos sonhos é possível sim, abrindo mão de alguns itens, utilizando uns truquezinhos e lançando mão da criatividade no planejamento e organização do seu dia tão especial.

A seguir, listamos algumas dicas imperdíveis para que o orçamento não fuja do controle e vocês tenham um final feliz.

 

  • Na hora de escolher a data do seu casamento, troque o sábado pela sexta-feira, pelo domingo ou por um dia em que seja véspera de feriado. Sábado, por ser considerado o dia perfeito para quem quer celebrar, é também o de custo mais elevado, em virtude da procura. Os salões costumam oferecer valores reduzidos e bem atrativos para esses dias.

 

  • Atenção à escolha do salão. Verifique se o espaço possui infraestrutura completa no local, como cozinha industrial, mobiliário e iluminação, por exemplo, pois isso representa uma boa economia no momento de contratar o serviço de buffet e decoração, uma vez que estes não precisarão ser locados por terceiros.

 

  • Escolhida a data, outro fator que pode ajudar a reduzir os gastos om o casório é o horário em que o mesmo será celebrado. Casamentos realizados durante o dia são mais informais, portanto, menos dispendiosos. Com isso, é possível economizar no traje dos noivos, na decoração e, sobretudo no buffet, que é um dos maiores investimentos em um casamento.

 

  • Para recepções realizadas durante o dia invista em um café da manhã mais requintado, um brunch, um buffet de crepes, ou um café colonial, dependendo do horário da celebração. Se vocês não abrem mão de realizar a recepção à noite, invista em um coquetel com finger foods, onde as entradas são dispostas em ilhas de degustação para serem consumidas com o uso de guardanapos ou pequenas cumbucas. Vai servir um jantar? Vá de serviço franco-americano, onde são montados pontos de bufê e os próprios convidados se servem. Isso reduz a mão de obra para servir o jantar.

 

  • Independente do horário, bolo e docinhos não podem faltar. Escolha apenas um fornecedor, pois quanto maior for a quantidade de doces maior será a possibilidade de se negociar um desconto. Lembre-se que a mesa de doces é um dos pontos altos da festa. Para uma mesa linda, porém econômica, mescle doces elaborados com doces mais simples. Utilize forminhas de papel nas camadas inferiores e sobre estas acomode os docinhos em formas de tecido com formato de flor. Somente nos doces que estiverem em cima mesmo, para que o efeito nas fotografias seja lindo e elegante.

 

  • Alugue um bolo cenográfico para causar um lindo efeito nas fotografias. Como o bolo já vem cortado da cozinha, poucos perceberão (somente no final da festa) que o bolo da mesa não foi realmente cortado. Para servir a guloseima, substitua a tradicional cobertura de pasta americana – que é um ingrediente mais caro – por opções mais econômicas e nem por isso menos saborosas, como o ganache e o merengue.

 

  • O horário do casamento também determina o consumo de bebidas alcóolicas. Para recepções realizadas pela manhã, o usual é que a única bebida alcóolica servida seja o espumante, para o momento do brinde. Em um almoço, pode-se acrescentar um vinho, que deverá ser servido durante a degustação do prato principal. Se a recepção for realizada no final da tarde, e for oferecido aos convidados um café colonial, licores e espumante são permitidos. Para recepções noturnas, a melhor maneira de economizar, para os casais que exigem maior variedade de bebidas, é servir o whisky somente durante o coquetel, vinho durante o jantar e espumante apenas para o momento do brinde. Invista em bebidas nacionais, uma vez que há marcas de excelente qualidade no mercado e preços bem inferiores às marcas importadas. Outra dica bacana é consignar as bebidas que serão servidas; neste caso você paga apenas o que for consumido e devolve o restante, desde que a garrafa não esteja aberta ou gelada.

 

  • Que tal realizar a cerimônia religiosa e a recepção no mesmo local? Com isso é possível economizar com a locação da igreja, decoração, transporte dos noivos e até mesmo com orçamento dos profissionais que precisariam se deslocar do local da cerimônia para a recepção – assessoria, fotógrafo, cinegrafista.

 

  • Para cerimônia realizadas no mesmo local da recepção abra mão de alugar um veículo de luxo. A probabilidade de alguém ver a chegada da noiva é muito pequena e, neste caso, não haverá deslocamento dos noivos para a recepção. Para as fotografias peça emprestado uma carro bacanérrimo de algum convidado e seja feliz.

 

  • Decidido que a cerimônia religiosa e a recepção serão celebradas no mesmo local leve em consideração a ideia de realizar o casamento civil no próprio cartório alguns dias antes, uma vez que o deslocamento de um juiz de paz até o local da cerimônia encarece a celebração.

 

  • Noivas antenadas já sabem que flores da estação diminuem até 30% do valor investido em decoração. Capriche na decoração da mesa de doces, que é ponto alto da festa e invista em objetos charmosos para compor os demais pontos como lindos candelabros, vasos cheios de estilo, porta retratos e objetos pessoais da decoração de sua casa (desde que combinem com a decór da festa, claro!).

 

  • Para a cerimônia religiosa, troque a formação completa do coral e orquestra por uma menor, com quatro instrumentos e uma voz. Diminuindo a quantidade de músicos você consegue reduzir o cachê cobrado. Para a recepção, um bom Dj é bem mais acessível que uma banda e é garantia de pista cheia a noite toda.

 

  • Muitas noivas abrem mão da filmagem para poder investir em um fotógrafo renomado. Se este não é o seu caso, procure uma empresa que ofereça os dois serviços – fotografia e filmagem – pois, contratando-se dois serviços é mais fácil negociar um desconto. Economiza também na quantidade de profissionais contratados. Um bom fotógrafo, um cinegrafista e um assistente são suficientes para captar imagens belíssimas.

 

  • Se a ideia é economizar, nada de enviar o Save the date impresso. Crie um modelo bem lindo e estiloso, com a carinha do casal e mande aos interessados por email. Para o convite, invista em um modelo simples, clássico, de tamanho médio, sem vinco e sem monograma. Escolha um papel nacional, de boa qualidade, e troque o alto relevo por uma impressão mais simples. Dispende a caligrafia e vá de tag. Na própria gráfica onde os convites forem impressos é possível imprimir o nome dos convidados e prender a tag com uma fita de cetim.

 

  • Ao invés de comprar, alugue o vestido de noiva. O primeiro aluguel é uma excelente opção para as noivas que fazem questão de colocar no corpo um vestido que nunca fora usado. Você ama rendas e bordados? Lembre-se que estes materiais encarecem o vestido. Deste modo, limite-os ao colo, corpete ou a barra da saia do vestido.

 

  • Preste atenção aos fornecedores indicados pela assessoria ou local da recepção. Em virtude da alta rotatividade no contato com fornecedores, ambos costumam firmar parcerias interessantes, que podem resultar em bons negócios para os noivos.

 

  • Dispense as lembrancinhas da moda e distribua apenas os tradicionais e deliciosos bem casados. Opte por embalá-los em papel crepom nacional e fita de cetim. Embalagens mais requintadas como tecidos e caixinhas encarecem demais o produto. Encomende cerca de duas unidades por convidados e peça para alguém da assessoria distribuí-lo na saída, para intimidar os apaixonados por bem casados, que adoram sair com as mãos bem cheias.


060512 1523 Aordemecono1 A ordem é economizar {Dicas para reduzir os gastos com o casamento}Fonte: http://www.casamentorj.com.br/

Link permanente para este artigo: http://www.mocascasamenteiras.com/2013/02/a-ordem-e-economizar-dicas-para-reduzir-os-gastos-com-o-casamento.html