«

»

Imprimir Post

As gafes mais cometidas pelos noivos {Parte I}

011213 1704 Asgafesmais1 As gafes mais cometidas pelos noivos {Parte I}

Fonte: http://insanidadetemporariabyge.blogspot.com.br/

 

Agradar a todos os convidados é praticamente impossível. A história é sempre a mesma – os noivos se desdobram para poder oferecer aos seus convidados o seu melhor, e ainda assim, sempre tem aquele que com a sua língua maldita, sai dizendo aos quatro cantos que a bebida estava quente, a comida estava fria, o bolo estava seco e a música não era nada empolgante. Funciona assim mesmo; entretanto, é importante que o casal saiba que os infelizes que agem desse modo, são minoria (Thanks, God!) e o seu casamento não ficará marcado por essas supostas gafes.

Se for para se preocupar com algo semelhante, concentrem-se em colocar em prática o manual de etiqueta e boas normas durante o período que antecede o casamento para que, aí sim, as gafes cometidas pelos noivos não sejam o assunto predominante entre a maior parte dos seus convidados.

Acredite, não é nenhum bicho de sete cabeças. Uma pequena dose de educação + orientação + bom senso pode impedir os mais desastrosos tropeços, fazendo com que seu casamento seja lembrado pela elegância e o bom gosto dos anfitriões.

Listamos, a seguir, as gafes mais cometidas pelos noivos, orientando quanto a maneira correta de proceder em cada situação, para que vocês não caiam em roubada.

 

  • Save the date

    Já dissemos em uma postagem anterior que a elaboração da lista de convidados é um dos primeiros passos para o bom planejamento de um casamento. Na hora do envio do save the date e dos convites de casamento, seguramente os noivos precisarão ter essa lista muito bem definida, especialmente para o envio do save the date, para que o mesmo não seja enviado à pessoas que os noivos ainda não definiram se serão ou não convidadas. Coloque-se nos lugar dessas pessoas. Muitas realmente reservaram a data do casamento de vocês na agenda, desmarcando algum compromisso ou recusando algum convite e depois, sem mais nem menos, simplesmente não recebe o convite que já estava esperando. Totalmente deselegante.

     

     

  • Lista de presentes

    Ok, já sabemos que receber presentes é um dos momentos mais gostosos durante a organização do casamento. Não há nada mais prazeroso do que se perder em meio a tantas caixas e cartões de felicitações. Mas atenção e bom senso na hora de elaborar as listas de sugestões de presentes são fundamentais – nada de escolher apenas presentes caros. Escolha itens de todos os valores para que as pessoas possam comprar algo condizente com o seu bolso. Aliás, como o próprio nome diz, as listas são de sugestões de presentes, o que abre espaço para que seu convidado escolha qualquer produto da loja para presenteá-los, mesmo que este não esteja na lista dos noivos. Vale lembrar, que o casamento é um evento dispendioso não apenas para os noivos, mas também para os convidados, que gastam com roupa, cabeleireiro, maquiagem, valet e o presente.

     

    Jamais peça presentes em dinheiro informando a conta corrente no convite de casamento. Jamais! Nunca! Pelo amor de Deus! Isso é horrível! Ou melhor, pelo menos não descaradamente. Hoje já existem diversos sites que permitem fazê-lo de modo mais “mascarado”, oferecendo a possibilidade de comprar presentes virtuais e cotas para a lua de mel, permitindo que os valores adquiridos pelos convidados depois sejam revertidos em dinheiro para os noivos. Portanto, se quiserem presentes em dinheiro escolham essa opção, ok?

     

    Outra gafe memorável é o pedido de presentes específicos para os padrinhos de casamento. Tudo bem, todo mundo já está carequinha de saber que os padrinhos, geralmente, capricham mesmo no presente de casamento dos seus afilhados. Porém isso não dá o direito aos noivos de saírem pedindo a cada casal o presente que gostariam de ganhar. Até porque, do mesmo modo que os demais convidados, eles também possuem gastos com roupas e os demais itens. Isso sem contar que vocês não sabem da situação financeira de cada um. Gafe total! Tenham paciência, educação e bom senso e esperem que eles tomem a iniciativa de perguntar o que vocês gostariam de ganhar.

     

     

  • Convite

    O processo que envolve o convite de casamento é extremamente importante e delicado. A dificuldade já começa quando os convites são enviados para a caligrafia. Neste momento, é imprescindível que os noivos saibam a grafia correta do nome de cada um dos convidados. Não há nada mais desagradável do que receber um convite em que seu nome esteja escrito incorretamente.

     

    Outra das maiores gafes pertinentes ao convite é não convidar todas as pessoas que foram convidadas para a cerimônia para estarem presentes na recepção também. Veja bem, na hora de elaborar a lista de convidados, parte-se do princípio de que todas as pessoas que foram convidadas para a celebração são pessoas importantes e ativas na vida do casal. Deste modo, que argumento se utilizaria para separar as que serão convidadas apenas para a cerimônia e as que serão convidadas para a cerimônia e recepção? Bastante complexo não é mesmo? Para não dizerem que somos muito radicais é importante esclarecermos que tal situação é tolerável apenas quando a festa de casamento for uma recepção bem intimista, reserva apenas a pais, padrinhos e poucos parentes e amigos. Mas nada de querer dizer que seu casamento intimista é para apenas 300 convidados, ok?

     

    Ainda com relação aos convites, a dica é fugir da gafe no momento da entrega dos mesmos. O casamento é um evento naturalmente formal, mesmo quando realizado com ares mais despojados, como na praia ou campo. Deste modo, todos os itens que o compõe possuem um toque de formalidade, e com os convites não haveria de ser diferente. Com a correria da vida moderna em meio a tantos afazeres – faculdade, pós-graduação, trabalho, entre outros – é praticamente impossível conseguir entregar todos os convites em mãos. Sendo assim, entregue o maior número possível, peça a ajuda dos pais para entregar os outros, e utilize-se do serviço dos correios ou motoboy para entrega-los aos convidados que moram mais distante. Porém, nunca, eu disse N-U-N-C-A envie convites por email. É simplesmente inaceitável.

     

     

  • A escolha dos trajes

    Em qualquer evento a escolha do traje deve ser muito cautelosa para evitar a pagação de mico. Em um evento tão importante como o casamento não poderia ser diferente. O horário e o local da celebração, juntamente com o estilo de festa oferecida regem as regras no momento de escolha dos trajes dos noivos.

    Não dá para usar brilho em uma cerimônia na praia pela manhã, e nem um terno claro e sem gravata em uma cerimônia de gala à noite. Os trajes devem ser selecionados com muita atenção para que os trajes dos convidados não estejam chamando mais atenção que os trajes dos anfitriões.

     

     

  • Serviços indispensáveis

    Sabemos que os gastos com o casamento são gigantescos, em virtude da quantidade de serviços necessários e os exorbitantes valores cobrados pelas empresas com alto padrão de qualidade. É exatamente por este motivo que batemos sempre na mesma tecla: ofereça aos seus convidados uma festa linda e elegante que caiba no bolso de vocês. Nada de gastar mais do que vocês poderiam para impressionar as pessoas e depois começar a vida a dois atolados em dívidas.

    Ou ainda, se perderem em meio a tantos gastos durante o planejamento, tendo que economizar em itens essenciais. Com a falta de verba muitos noivos começam a eliminar serviços indispensáveis do checklist, colocando-se a organização de um ano – ou até mais – a perder. Deste modo deixam de contratar serviços como gerador, funcionários para a limpeza, assessoria, entre outros valendo-se da sorte de não precisar deles no dia do evento. Será que vale a pena arriscar? Já pensou se a luz resolve acabar na região onde o buffet está localizado, justamente na noite do seu casamento?

     

     

  • Não arcar com a alimentação do staff

    Saco vazio não para em pé, isso é fato. Muitos dos profissionais que trabalham no mercado casamenteiro chegam a passar doze horas ininterruptas trabalhando. E é claro ninguém consegue passar um período tão grande sem se alimentar e se hidratar. Sendo assim, os profissionais que atuam em longas jornadas costumam propor em contrato a alimentação de sua equipe durante o evento. Já cheguei a ouvir de um noivo que “essas pessoas se aproveitam do fato de estarem trabalhando para poderem comer bem”. Para os que compartilham dessa opinião aproveito para esclarecer que muitos buffets oferecem a possibilidade de oferecer ao staff um cardápio diferenciado, geralmente composto por uma salada e um prato de massa, além de bebidas não alcóolicas à vontade, por um valor muito reduzido comparado ao cobrado pelo cardápio do convidado. É claro, que nenhuma pessoa que compõem o staff precisa de mais do que isso. Estamos lá a trabalho, e nem que pudéssemos, teríamos tempo hábil para degustar todo o cardápio oferecido em uma festa de casamento.

     

     

  • Chá bar/ Chá de cozinha/ Chá de lingerie

    Os famosos chás oferecidos ao casal antes do enlace, com a finalidade de auxiliá-los na montagem do enxoval para a nova casa é um evento bastante informal, regado a muitas bebidas e brincadeiras. Entretanto, isso não abre espaço para que gafes sejam cometidas. Uma das mais comuns é pedir que os convidados presenteiem os noivos com utensílios, bebidas ou lingeries com preços elevados. Lembre-se de que nestas comemorações os noivos ganham produtos bem mais baratos do que os presentes de casamento. Aliás, tão baratos que seriam praticamente impossíveis de serem ganhos como presentes de casamento.

    Aproveitamos a deixa para uma dica. Por ser uma festa de caráter instimista nem todos os convidados para o casamento devem ser convidados para o chá; apenas os pais, padrinhos e amigos bem próximos. Entretanto, todos os convidados para o chá devem ter sido convidados para o casamento.

     

     

  • Querer economizar da maneira errada

    Nós, Moças Casamenteiras, sabemos exatamente que é possível reduzir os custos de uma festa de casamento significativamente, sabendo exatamente onde economizar. O problema é que muitos casais, querendo uma economia surreal, resolvem utilizar os “préstimos” gratuitos dos serviços oferecidos pelos amigos. Quando o amigo é um excelente profissional, responsável e com ótima qualidade técnica, M-A-R-A-V-I-L-H-A! Agora, quando o amigo é amador, ai meu Deus, a possibilidade de gafes são enormes. Já presenciamos cenas que seriam cômicas se não fossem trágicas – carro antigo emprestado por um amigo que se dizia colecionador, quebrando no meio do caminho e deixando os noivos na mão; amigo Dj que não sabia manusear a aparelhagem de som; amigo fotógrafo que chegou ao casamento para fotografar a cerimônia com aquela câmera digital bem simplesinha… E o pior é que em situações como essas os noivos não podem nem cobrar comprometimento por parte dessas pessoas. Afinal, o serviço não é especializado e não houve gasto com ele.

     

011213 1704 Asgafesmais2 As gafes mais cometidas pelos noivos {Parte I}

Fonte: http://nunespacheco.com.br/blog/

Link permanente para este artigo: http://www.mocascasamenteiras.com/2013/07/as-gafes-mais-cometidas-pelos-noivos-parte-i.html